Pyzam Glitter Text Maker

Glitter Graphics Maker & MySpace Layouts



"Quanto mais do mundo vi, menos pude moldar-me à sua maneira."

(Jean-Jacques Rousseau)

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

É um gato? É um cão? Não... é o Mr. Jingles!!!!

Bonjour!!!! Ça va?

Este post hoje será diferente. Sempre falamos aqui e nos nossos blogs em gatinhos e cachorrinhos, não é? Porém, mostrarei aqui meu filhinho mais "piquititinho" do mundo: Mr. Jingles!!!

Esse é o meu ratinho da raça Topolino. Não, ele não é um hamister. É menor que um e não tem olhinhos vermelhos. Os topolinos têm (O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO NÃO PREVÊ A QUEDA DO ACENTO DIFERENCIAL EM PLURAL, COMO ALGUNS ESCREVERAM) como característica essa pelagem malhadinha e vivem até 2 anos.

O mais incrível é que ele é, realmente, o Mr. Jingles! Vocês já assistiram ao filme À Espera de um Milagre, com Tom Hanks? Sim, o ratinho do presidiário Eduard Delacroix chamava-se assim. O grande segredo dele é o seguinte: ele era imortal. Quando o personagem principal ficou velho, Mr. Jingles ainda estava vivinho e novinho.

Bem, ele não está tão novinho (vocês percebem que ele está carequinha?), mas já era para ele ter vestido seu terninho de madeira. Mr. Jingles tem quase 3 anos e nadaaaaaaaa! É evidente que eu não quero que ele morra, mas, o que acontece com ele?

Junto com ele, estava o Mestre Splinter (sim, o mestre das Tartarugas Ninja) e pasmem: com menos de 1 ano, ele se foi. Mas, Mr. Jingles está firme e forte!

Essa é a gaiolinha em que ele vive! Dorme durante todo o dia e corre na rodinha e se alimenta à noite inteira! Sim, é um bichinho noturno e ressabiado! Adora sementes de girassol!
A madrinha do Mr. Jingles foi destituída do cargo por incompetência, descaso, egoísmo e por nunca ter perguntado por ele. Então, eu e o pai dele (o pai dele é o Lu, meu ex-noivo... vocês entendem, né?) resolvemos, então, que a madrinha seria minha mãe, nada mais natural.

Gostaram do meu filhinho? É lindo, não? Torçam por ele, está beeeeeem velhinho!

Em tempo: estava dando uma olhada em alguns sites e descobri um que é superinteressante para aqueles que perderam um cachorrinho e não têm para quem recorrer ou para quem achou um e não sabem onde avisar. Talvez vocês já conheçam, mas lá vai a dica: http://www.cachorroperdido.com.br/. Achei o máximo e o mais legal é que você pode colocar animaizinhos para a adoção e, também, adotar. Muito bom!

Beijos grandes! Au revoir! Bonne jornée!

3 comentários:

Andrea Sassaki disse...

Oi Karin!!! Também tenho uma tartaruga, a Angel....já que só falamos de cachorrinhos e afins, né?? Muito lindo seu Mr Jingles! Beijos!!!

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

Eu tenho muito dó de criar ratinhos, chinchila pq eles morrem muito rápido. Mas eles são tão bonitinhos, né? Imagina o Mr. Jingles aqui em casa, com o Jake? Never!

Flávia e Kbça disse...

hahahahahah. quando vi MR. JIngles, pensei no filme, então foi só terminer de ler para ter certeza!! que filmaço né!!

bom, lá em casa tem uma fox paulistinha, e já basta. antes da Flávia ganhar essa cachorra, cogitamos um ferret, mas os sete anso de expectativa de vida nos fez desistir...

rato tembém morre rápido né? não sei se a emotiva lá de casa aguentaria...

abraço.