Pyzam Glitter Text Maker

Glitter Graphics Maker & MySpace Layouts



"Quanto mais do mundo vi, menos pude moldar-me à sua maneira."

(Jean-Jacques Rousseau)

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Quanta grosseria!


Pessoal, quanto mais amigos eu tiver, melhor. Aliás, acho que só com eles é que a gente consegue suportar essa realidade cada vez mais insana.

Adoro vocês, faço parte da corrente Gentileza gera gentileza! criada pela nossa amiga blog"ueira" Cláudia Goulart e não pretendo sair dela, ok? Acho que nós podemos falar qualquer coisa, contanto que com reservas e respeitando o espaço do outro. É claro que todos temos o nosso "Dia de Fúria", mas isso não pode se tornar uma regra, não é?

Conheci pessoas que disseram que mudaram completamente o comportamento, outras disseram que nunca mudariam... que tal o meio termo?

Eu acredito e faço o seguinte: só "arrebento a boca do balão" quando sei que a minha atitude mudará algo (para melhor) na situação em que fizer isso. Senão, prefiro me utilizar de ATITUDES concretas para tal. Exemplo: caso Bela, a gatinha com rinotraqueíte. A moça que iria adotá-la não tinha grades de proteção nas janelas. Huuuuum! 1º impedimento. Ué! Façamos uma "vaquinha" para custear as telas. Uma pessoa está precisando de ajuda. Vejamos os meios para ajudá-la, somente isso. Um ser humano te maltrata, você o maltrata também? Não.

Aí vai mais um conceito em que acredito: o comportamento de uma pessoa não pode mudar quem você é. Se fosse assim, todos os atendentes de telemarketing seriam gladiadores, não é? Posso falar de carteirinha, pois já fui uma.

Pensem nisso, pessoal!

Ah! Para as pessoas irônicas, lá vai: tomem cuidado com a ironia. Geralmente, as pessoas muito irônicas são aquelas que não falam a verdade seriamente e se utilizam deste recurso para não enfrentar a situação. Falo isso pois já fui muito irônica e me arrependo disso.

Um comentário:

Claudia Goulart disse...

Entendo o seu desabafo. Tem horas que a gente acha que não se segura e entra na onda de grosseria do outro.
Já passei por isso e por vezes não conseguir me segurar e fiquei na mesma energia ruim do outro.
Tem que ser um exercício constante.
Nós conseguiremos!
bjs